Câmara eleita em 2014: menos representativa que a de 2010

Os protestos das ruas, que pediam mais Estado e mais direitos sociais, e a desqualificação da política, que levou ao descrédito das instituições, se refletiram apenas no baixo índice de votos validos e no alto índice de votos brancos e nulos.

[Antonio Augusto de Queiroz*] – Sob qualquer ângulo que se analise o resultado da eleição de 2014 para a Câmara dos Deputados, ela ficou pior que a eleita em 2010. Neste texto cuidaremos apenas do aspecto da representatividade.

Os protestos das ruas, que pediam mais Estado e mais direitos sociais, e a desqualificação da política, que levou ao descrédito das instituições, se refletiram apenas no baixo índice de votos validos e no alto índice de votos brancos e nulos.

O comparecimento às urnas, por força do aumento do número de eleitores, passou de 209.428.544 em 2010 para 211.739.609, mas o número de votos válidos diminuiu e o de votos nulos e branco aumentou.

A quantidade de votos válidos na eleição para a Câmara dos Deputados em 2014, apesar do aumento do número de candidatos, foi menor que em 2010. Caiu de 89.368.502 para 88.926.997, numa redução de algo como meio por cento.

O número de votos brancos passou de 7.506.834, em 2010, para 10.106.586, em 2014, num aumento de mais de 25%, enquanto o número de votos nulos passou de 5.141.988 para 7.966.966, num aumento de mais de 50%.

O voto de legenda trouxe duas novidades. Uma foi sua redução, que caiu de 9.506.834 para 8.106.021, e a outra foi o fato de o PSDB, que tradicionalmente não recebia voto na legenda, ter ultrapassado o PT, com o primeiro com 1.927.681 e o segundo com 1.750.181.

O PMDB, entre os três grandes partidos, foi o que teve menos votos de legenda: 738.841. A soma dos votos dos eleitos para a Câmara, apesar do crescimento do número de eleitores e de candidatos, caiu de 58.969.861 para 57.838.496. Isto quer dizer que a nova Câmara é menos representativa que a eleita em 2010.

Quanto ao número de votos nominais, pode-se afirmar que o resultado é compatível com as bancadas dos partidos: o PT, que elegeu 70 deputados, teve 11.794.037 votos; o PMDB, que elegeu 66 deputados, obteve 10.037.476 votos; e o PSDB, que elegeu 54, teve 9.107.180.

(*) Jornalista, analista político e diretor de Documentação do Diap

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s